SINOP EM DESTAQUES TV MUNDO ONLINE

Taxista morre 18 dias após ser espancado por colega em Alta Floresta

Um taxista de 52 anos, identificado como Jocely Gaspar Cordeiro, popular Pelé, acabou falecendo na capital do estado, Cuiabá. “Pelé” foi agredido após um desentendimento com outro profissional do setor e acabou ficando gravemente ferido. As agressões ocorreram no dia 17 de agosto, no terminal rodoviário.

No dia 25 de agosto Jocely havia sido transferido para capital do estado, devido ao agravamento do seu estado de saúde. Nesta sexta-feira (04), veio a confirmação de que ele não resistiu e acabou falecendo.

As agressões sofridas por “Pelé” ocorreram após um desentendimento com outro taxista, devido ao transporte de passageiro.

Conforme o presidente do Sindicato dos Taxistas, Ademir Cordeiro, que também é irmão de Jocely teve fratura no joelho e devido a ser uma cirurgia de risco, foi removido para a capital.

A situação foi encaminhada também a prefeitura de Alta Floresta, uma vez que o funcionamento do ponto de táxi é feito por meio de concessão. O agressor trabalha no terminal rodoviário há cerca de seis anos e neste período coleciona aproximadamente 40 notificações no Sindicato dos Taxistas, conforme disse Ademir Cordeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *