Sinop em Destaque

Suspeito de bater em enteada com capacete é preso por agredir a mãe com prato.

Um homem foi preso suspeito de agredir a própria mãe com um prato em Itapirapuã, a 180 km de Goiânia. De acordo com informações da Polícia Militar, ele jogou o objeto contra a mãe, que teve vários cortes na perna. Ainda segundo a PM, o suspeito é o mesmo que foi denunciado à Polícia Civil por bater na enteada com um capacete, em Goiatuba, na região sul de Goiás.

Como o nome dele não foi divulgado, a reportagem não conseguiu identificar se ele apresentou defesa.

ENTRE EM CONTATO PELO LINK ABAIXO:

https://api.whatsapp.com/send?phone=5566999652367&text=Ol%C3%A1%20estou%20acessando%20atrav%C3%A9s%20do%20Site%20Sinop%20em%20destaque%2C%20gostaria%20de%20fazer%20um%20pedido%2C%20obrigado%20%20

A agressão contra a mãe aconteceu na segunda-feira (5). O caso é investigado pela Polícia Civil. De acordo com o delegado Gustavo Cabral, responsável pela investigação, o suspeito estava bêbado e passou a ameaçar a mãe.

“Chegou em casa embriagado, passou a ameaçar e xingar a mãe. Enquanto ela fazia o almoço, ele pegou um prato, jogou no chão, o prato quebrou e cortou a perna da mãe em vários lugares”, disse.

Tanto o homem quanto a mãe dele foram encaminhados ao Hospital Municipal de Itapirapuã, onde foram avaliados por uma equipe médica. Em seguida, o suspeito foi encaminhado ao presídio de Jussara.

Segundo o delegado, não foi arbitrada fiança. Cabral afirmou que a Justiça decretou a prisão preventiva do homem.

O suspeito já responde pelo caso de violência doméstica em Goiatuba e tem dois Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) registrados por desacato e desobediência. Agora, ele deve responder por lesão corporal e ameaça.

Enteada agredida com capacete

Uma adolescente de 15 anos denunciou que foi agredida pelo padrasto ao tentar defender a mãe durante uma briga entre o casal, em Goiatuba. Ela teve o nariz quebrado, desmaiou ao levar um golpe de capacete no rosto e precisou passar por uma cirurgia. O suspeito fugiu.

O caso aconteceu no dia 26 de junho. Após ser ferida, a garota publicou fotos nas redes sociais com o rosto ensanguentado e vários hematomas. Ela contou que o padrasto estava embriagado e não se arrepende de ter entrado na discussão.

“Eu vi que ele estava bêbado e fui tentar defender. Quando fui para cima dele, eu cheguei mais perto dele pedindo para ele ir embora, ele pegou o capacete e tacou no meu rosto. Nessa hora eu desmaiei e a polícia chegou”, afirmou.

Na época, o caso foi registrado na Polícia Civil. A mãe da adolescente afirmou que havia rompido o relacionamento após o namorado agredir a filha.

De acordo com uma publicação feita pela adolescente em um perfil nas redes sociais, nesta terça-feira (6), o suspeito e a mãe voltaram a namorar. Segundo a garota, ela ficou sabendo que ele tentou agredir a mãe dele e bateu na mãe dela.

Fonte: g1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *