Sinop em Destaque

https://www.instagram.com/?hl=pt-br

Grávida é empurrada, cai e continua sendo agredida em supermercado.

M.A.D, que está no quarto mês de gestação, foi agredida em um supermercado, na manhã do último domingo (27), no bairro Padre Duílio, em Juína (735 km da Capital). Ela fazia compras quando a ex-mulher de seu marido deu um tapa extremamente violento em seu rosto. 

Imagens da câmera de segurança mostram que a vítima cai e não consegue se defender devido à força com que a agressora parte para cima dela.

A grávida grita com ela, que continua a estapeá-la. Quando começa a agressão, várias pessoas olham e se afastam. Em seguida, as pessoas se aproximam, mas continuam apenas assistindo a mulher bater na grávida. Até que um funcionário e clientes do estabelecimento separam a briga e protegem a vítima.  

Conforme apurado, o marido da vítima tem um filho com a agressora e a guarda é compartilhada. Segundo a Polícia Civil, os atritos começaram primeiramente entre o ex casal por conta do novo casamento, tempos depois a agressora começou ameaçar a vítima e até o bebê que ainda não nasceu.

Em um página da cidade, no Facebook, internautas chamam a atenção para a atitude dos presentes e destacam a falta de empatia.

“Que falta de empatia das pessoas. Todos olhando como se fosse normal. Que vergonha de vocês que estavam só olhando e parabéns ao rapaz que ajudou a mulher grávida. Ao restante que ficou assistindo, nojo de cada um”, escreve uma mulher. 

Outra pessoa escreve “não interessa o motivo (da agressão), foi errado a atitude dessa louca em empurrar uma grávida…Seja qual for o motivo pra mim tinha que estar presa, apanhando na cadeia, pois quase um inocente perde a vida”.

Um boletim de ocorrência foi registrado e a Delegacia de Polícia investiga o caso. 

https://www.youtube.com/channel/UCqFC1SY20YuA5uY-cov_uvQ

Veja vídeo:

Fonte: REPORTER MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *