Preso com madeira ilegal, homem diz que carga é de prefeito

Um homem de 59 anos foi preso na noite de terça-feira (25), transportando toras de madeiras ilegalmente, em Santa Cruz do Xingu (a 970 km de Cuiabá).

Preso em flagrante pela Polícia Militar, o caminhoneiro alegou que a carga apreendida pertence ao prefeito de São José do Xingu, Wanderley Soares, mais conhecido como “Nenê da Oficina”.

Segundo o boletim de ocorrência, a prisão ocorreu por volta das 19h30, durante um patrulhamento rural da PM.

A viatura avistou o caminhão com a carga de madeira e resolveu abordar. O condutor afirmou que não tinha a nota fiscal da madeira ou autorização para o transporte.

Questionado para onde iria levar, ele contou que havia sido contratado por um homem conhecido pelo apelido de”Japonês”, dono de uma madeireira em São José do Xingu, para levar a carga até a cidade.

De acordo com ele, o dono da madeireira havia lhe relatado que o verdadeiro dono da carga era o prefeito da cidade e que ele ainda deveria realizar cinco viagens com o máximo de madeira que pudesse transportar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *